ÓRGÃOS DOS SENTIDOS – OS SENTIDOS E O SENTIMENTO 2º ANO/ 3º ANO

Trabalhar, no ensino
fundamental, os órgãos dos sentidos em sala de aula tem sua relevância. E tentar fazer este paralelo entre os sentidos e o sentimento fica ainda mais agradável ao trabalho. É
preciso instigar a curiosidade dos alunos, pois isso faz com que eles se
interajam e participem mais, aprendendo sobre os órgãos dos sentidos e os processos
pelos quais se fundamentam.
No intuito de
trabalhar a visão e simultaneamente o paladar, pode-se fazer vitaminas de
diferentes sabores e colocar corantes de diferentes cores, mudando a cor natural
da fruta para confundir e ao mesmo levar à compreensão do aluno a diferença
entre os órgãos dos sentidos.
Peça aos alunos que
escolham uma vitamina sem cheirar e a tome.  Depois indague-os sobre o sabor de tal
vitamina. Haverá uma certa confusão, pois o paladar se confunde com o que temos
na memória sobre a associação que fazemos entre cores e sabores.
Pode-se questionar
também se alguém na sala de aula não come algo porque passou mal com
determinado alimento. E após as respostas, informar que é comum as pessoas
associarem o alimento ao estado como ficou após ingeri-lo.
Há várias formas interessantes
para tratar sobre órgãos dos sentidos, uma delas também, é levar diferentes
perfumes, diferentes vegetais e óleos, para que os alunos sintam esses cheiros.
Os mais conhecidos podem ser questionados para o aluno com olhos fechados. Para
que caso ele conheça a planta não a identifique pela forma e sim pelo cheiro.
Colocar diferentes
estilos de música é bem favorável para que eles percebam os sons, e compreendam
a audição. Desde música clássica, rock, reggae, até o simples barulho de água
caindo. Peça para que eles descrevam suas sensações com os diferentes tipos de música.
Em se tratando do
tato, pode-se levar diversos tipos de materiais com texturas diferentes, bichos
de pelúcia, água gelada, água morna, bolo, areia, bolas de gude e pedir para
que cada um coloque a mão nesses objetos. Eles conseguirão sentir a textura, a
forma, a temperatura, cada um através do tato. O ideal é que todos sejam
depositados numa caixa sensorial de modo que não consigam ver o que tem dentro. Com a mão dentro, o aluno deverá sentir e explicar a sensação que causa aquele objeto
Se deseja um plano de aula sobre este assunto, você encontrará boas ideias no site da Nova escola.
Desenhos ilustrativos: Google imagens 
 Atividades  elaboradas pela administradora do blog.


– Este blog é protegido pela lei 9610/98.
– A divulgação do conteúdo deste blog( www.amorensina.com.br) deve ser feita por meio dos botões de compartilhamento disponíveis ou copiando e colando o link exibido pelo navegador. 
Pode-se também copiar fragmento do conteúdo com link para o site.
– É expressamente proibida a cópia (foto) do conteúdo na íntegra sem prévia autorização, mesmo que colocado o link para o site.
– Alfabetizar com AMOR concede a você a autorização para visualizar e obter por downloads os materiais deste site, quando disponibilizados, exclusivamente para seu uso pessoal, nunca comercial.
você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.